sexta-feira, outubro 7

Joseph Neeld


Joseph Neeld (1784-1856)

Filho de Joseph Neeld (1754-1828), solicitador, e de Mary Bond (1765-1857), filha de John Bond e de Susannah Rundle.

Herdeiro do seu tio-avô Philip Rundell, famoso joalheiro e uma das maiores fortunas de Inglaterra, fundador da famosa firma londrina Rundell & Bridge, ourives e joalheiros da Coroa desde 1797.

Casou com Lady Caroline Ashley Cooper, filha primogénita do 6º conde de Shaftesbury e irmã do 7º conde, tendo-se porém separado, s.g. Deixou uma filha ilegítima Ana Maria.

Comprou a propriedade Manor of Grittleton - uma mansão do século XVII- cerca de de Chippenham, no condado de Wiltshire, na qual fez grandes obras que a transformaram na que veio a ser conhecida como Grittleton House, que actualmente é um Colégio.

Membro do Parlamento por Chippenham (1830-1856), foi um botânico amador de mérito e filantropo, possuindo uma boa biblioteca e uma colecção de arte.

Referido na bibliografia como sendo um ex-líbris relacionado com Portugal e, que se encontra nalgumas colecções portuguesas, não encontrámos porém qualquer prova dessa ligação.

Fontes: Engraved ex libris of Joseph Neeld on front pastedown see, in SCULTORI, Adamo. Michael Angelus Bonarotus pinxit. Adam Sculptor incidit. Rome, 1540 / 1550;

http://findarticles.com/p/articles/mi_qa3672/is_199507/ai_n8726917/pg_15

The Neeld Saga, from notes compiled by George W. Ingrams.


Sem comentários: